Revista de Educação da Unina https://revista.unina.edu.br/index.php/re <p>A <strong>Revista REUNINA</strong> tem por objetivo divulgar as pesquisas e socializar a produção acadêmica e científica da Faculdade Unina, de seu Programa de Pós-graduação, que reúne o Curso de Mestrado em Educação, o Mestrado está em processo de desenvolvimento institucional a ser credenciado e os demais e diversos Cursos de Especialização (Pós-graduação Lato Sensu), integrando a produção de conhecimentos avançados com a formação para a investigação científica dos cursos de Graduação, bem como articulando as pesquisas e práticas das atividades de Extensão Universitária. Visa ainda acolher pesquisas e estudos de outras entidades ou instituições científicas do Brasil e do Exterior, num percurso de permutas, de trocas e de orgânico intercâmbio de produções de conhecimentos e de inovações institucionais e produtivas, de práticas investigativas e de projetos de integração social.</p> <p>Editora Geral: Professora Dra. <strong><em>Yara Rodrigues de La Iglesia</em></strong></p> <p>Editor Executivo: Professor Doutor <strong><em>Eduardo Soncini Miranda</em></strong></p> <p><strong>CHAMADA PARA O TERCEIRO QUADRIMESTRE DE 2022 DA REVISTA REUNINA</strong></p> <p>Prezados(as) Pesquisadores(as)</p> <p>A Comissão Editorial da Revista de Educação e Ensino - REUNINA - informa que prorrogou a Chamada para o envio de artigos, resenhas e ensaios para o Dossiê Temático denominado: <strong>METODOLOGIAS E PRÁTICAS DE ENSINO NA EDUCAÇÃO BÁSICA. O prazo para a submissão vai até o dia 21 de novembro de 2022. Para acessar o site utilize o seguinte link: </strong><a href="https://revista.unina.edu.br/index.php/re/about/submissions">https://revista.unina.edu.br/index.php/re/about/submissions</a></p> <p>Os textos deverão ser enviados de acordo com as diretrizes para Autores, respeitando as regras da ABNT e dentro do prazo estipulado. As correções gramaticais são responsabilidade dos autores, como o caráter teórico de seus textos.</p> <p>As possíveis dúvidas podem ser enviadas para o e-mail: <a href="mailto:yara@unina.%20edu.br">yara@unina.edu.br </a> ou <a href="mailto:eduardo@miranda.edu.br">eduardo.soncini@unina.edu.br</a></p> <p>Cordialmente,</p> <p>Equipe editorial</p> <p> </p> <p><strong>CHAMADA PARA O TERCEIRO QUADRIMESTRE DE 2022 DA REVISTA REUNINA</strong></p> <p>Prezados(as) Pesquisadores(as)</p> <p>A Comissão Editorial da Revista de Educação e Ensino - REUNINA - informa que abriu a presente Chamada para o envio de artigos, resenhas e ensaios para o Dossiê Temático denominado: <strong>METODOLOGIAS E PRÁTICAS DE ENSINO NA EDUCAÇÃO BÁSICA</strong><strong>. O prazo para a submissão vai até o dia 05 de novembro de 2022. Para acessar o site utilize o seguinte link: </strong><a href="https://revista.unina.edu.br/index.php/re/about/submissions">https://revista.unina.edu.br/index.php/re/about/submissions</a></p> <p>Os textos deverão ser enviados de acordo com as diretrizes para Autores, respeitando as regras da ABNT e dentro do prazo estipulado. As correções gramaticais são responsabilidade dos autores, como o caráter teórico de seus textos.</p> <p>As possíveis dúvidas podem ser enviadas para o e-mail: <a href="mailto:yara@unina.%20edu.br">yara@unina.edu.br </a> ou <a href="mailto:eduardo@miranda.edu.br">eduardo.soncini@unina.edu.br</a></p> <p>Cordialmente,</p> <p>Equipe editorial</p> Faculdade Unina pt-BR Revista de Educação da Unina 2675-9721 Editorial https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/158 Yara Rodrigues de la Iglesia Eduardo Soncini Miranda Copyright (c) 2022 Revista de Educação e Ensino da Faculdade Unina https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-09-26 2022-09-26 3 2 10.51399/reunina.v3i2.158 Fundamentos da filosofia teórico-crítica e potenciais referenciais para a produção de pesquisas científicas na área da educação https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/157 <p>O presente artigo tem a finalidade de indicar algumas possíveis interpretações extraídas do campo da Filosofia Crítico-Dialética (Teoria Crítica), aplicáveis ao campo da elaboração e produção da Pesquisa Científica na área das Ciências Humanas. As compreensões iniciais crítico-filosóficas de Adorno e Horkheimer se estenderam, posteriormente, na proposta da “Teoria do Agir Comunicativo” de Habermas, como condição norteadora e capaz de indicar uma proposta de referência de trabalho metodológico com a Pesquisa Científica nas áreas das Ciências Humanas, em especial na área da Educação. Em dois percursos, de forma sintética, este artigo fornece três elementos para fundamentar uma pesquisa científica de base Crítico-Dialética.<br><br></p> Reginaldo Arthus Copyright (c) 2022 Revista de Educação da Unina https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-09-26 2022-09-26 3 2 10.51399/reunina.v3i2.157 Ensino, Ensinamento e Ensinar: uma Reflexão Crítica a Partir de uma Perspectiva Teológica, Poética e do Riso Cômico https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/155 <p><strong>Resumo </strong></p> <p>Este artigo apresenta uma reflexão crítica sobre a escola em suas três principais formas de ser: formal, informal e não-formal. E propõe um olhar criterioso sobre as contradições, os paradoxos e os abismos contidos no processo dialético entre ensinar e aprender, a partir, sobretudo da educação formal. Também chama a atenção para a relação entre educação e libertação; educação e transformação; educação formal e educação popular, não formal. Sugere um encontro com a alegria e com o humor cômico como forma de teopoesia como linguagem includente. Destaca alguns impactos da urbanização e a importância de se reconhecer as cidades como instâncias educadoras. Apresenta uma pesquisa bibliográfica a partir de importantes autores do ensino como área do conhecimento.</p> <p>&nbsp;</p> Eduardo Soncini Miranda João Santiago Copyright (c) 2022 Revista de Educação da Unina https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-09-26 2022-09-26 3 2 10.51399/reunina.v3i2.155 Pesquisa em Educação e o futuro que nos convém https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/146 <p>O presente texto busca ser uma reflexão que possa nos levar a compreender a necessidade de um auto-esclarecimento das nossas posturas epistemológicas em relação à Pesquisa em Educação. Buscando identificar, através de uma análise da linguagem que usamos na cotidianidade dos nossos Cursos de Pós-graduação, as bases cognitivas que nos sustém e que, em geral, impedem o avanço das nossas pesquisas. Propondo, então, que revisemos nossos pressupostos epistemológicos tendo em vista o grau de consciência epistemológica que já é possível auferir, principalmente se levarmos em conta a reviravolta linguístico pragmática da filosofia contemporânea.</p> Fausto dos Santos Amaral Filho Copyright (c) 2022 Revista de Educação da Unina https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-09-26 2022-09-26 3 2 10.51399/reunina.v3i2.146 A política curricular da Educação Infantil: uma análise crítica https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/153 <p>Este artigo&nbsp;tem&nbsp;como objetivo fazer uma análise crítica acerca da política curricular específica para a educação infantil, com um olhar para aspectos que influenciaram a sua construção histórica,&nbsp;pautada em distintas concepções,&nbsp;a conquista do direito&nbsp;à educação infantil e o seu reconhecimento&nbsp;enquanto uma política educacional. Realizado por meio de revisão bibliográfica e análise documental, são destacados elementos desta evolução até a definição das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil, aprovadas pelo CNE no ano de 2009 e a inclusão desta etapa educacional na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), evidenciando que essa construção se deu de forma complexa mediante o movimento de elaboração das políticas curriculares no Brasil e que sofre distintas influências ao longo dos tempos</p> Soeli Terezinha Pereira Yara Rodrigues de la Iglesia Copyright (c) 2022 Revista de Educação da Unina https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-09-26 2022-09-26 3 2 10.51399/reunina.v3i2.153 Os Recursos Pedagógicos utilizados para o ensino de história numa perspectiva transdisciplinar https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/156 <p>Neste artigo defende-se que a disciplina de História tem grande potencial para assumir um compromisso de formação crítica do cidadão, pois sua essência é educativa, formativa, emancipadora e libertadora, haja vista que esse componente curricular pode fomentar o desenvolvimento da consciência histórica dos homens, a construção de identidades, a explicação do vivido, da ação social e da práxis individual e coletiva, instrumentalizando os sujeitos para o questionamento da realidade, a identificação de problemas sociais e a descoberta soluções. Assim sendo, pautando-se no potencial crítico e emancipador desta disciplina para a formação do educando e para a construção de sua cidadania, a partir do estudo e da reflexão acerca da ação dos homens na sociedade ao longo do tempo, o presente trabalho busca expor a potencialidade presente na utilização dos seguintes recursos pedagógicos: jogos, literatura cinema, imagens, patrimônio cultural e museus, música e livro didático, numa abordagem transdisciplinar, enquanto facilitadores de aprendizagens significativas, favorecendo o diálogo com diferentes áreas do saber, superando a tradicional fragmentação disciplinar, estimulando uma compreensão integral dos saberes históricos, contribuindo para que o aluno perceba-se como sujeito ativo na construção da própria História</p> Denize Kaminski Débora Rodrigues Ramos Tiago Trevisan Copyright (c) 2022 Revista de Educação da Unina https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-09-26 2022-09-26 3 2 10.51399/reunina.v3i2.156 A invisibilidade do letramento nas atuais políticas educacionais de alfabetização https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/140 <p>O objetivo deste trabalho é de abordar a atual Política Nacional de Alfabetização e, em uma leitura crítica, compreender como a ausência do letramento nas políticas atuais de alfabetização pode aumentar os níveis de Analfabetismo Funcional. Para tanto, este trabalho se assume como uma pesquisa de natureza qualitativa, tendo na análise documental a sua técnica de pesquisa de base. Considerando os ditames do Decreto Presidencial nº 9.765 de 11 de abril de 2019, que preconiza os principais apontamentos a respeito da Política Nacional de Alfabetização em curso, este trabalho toma como preocupação o silenciamento do letramento como possibilidade de compor a prática pedagógica de alfabetização e seus possíveis reflexos na melhoria dos índices de proficiência dos “ditos” alfabetizados no país. Retomando os preceitos do conceito de letramento em Paulo Freire e, sobretudo Magda Soares, este trabalho alinha tais pressupostos com o cenário de analfabetismo funcional revelado pela pesquisa da Organização Não Governamental Ação Educativa e o Instituto Paulo Montenegro e toma tais elementos como base à crítica ao Decreto supracitado. Os resultados indicam que o silenciamento da perspectiva de letramento na política analisada tende a piorar os indicadores de analfabetismo funcional e, consequentemente, ampliar as desigualdades educacionais, sociais e econômicas.</p> Marcus Quintanilha Kawany Aparecida Padilha Copyright (c) 2022 Revista de Educação da Unina https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-09-26 2022-09-26 3 2 10.51399/reunina.v3i2.140 Amílcar Cabral: reflexões de uma educação revolucionária e transformadora em Guiné-Bissau https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/139 Bernardo Alexandre Intipe Copyright (c) 2022 Revista de Educação da Unina https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-09-26 2022-09-26 3 2 10.51399/reunina.v3i2.139