Revista de Educação da Unina https://revista.unina.edu.br/index.php/re <p>A <strong>Revista REUNINA</strong> tem por objetivo divulgar as pesquisas e socializar a produção acadêmica e científica da Faculdade UNINA, de seu Programa de Pós-graduação, que reúne o Curso de Mestrado em Educação, o Mestrado está em processo de desenvolvimento institucional a ser credenciado e os demais e diversos Cursos de Especialização (Pós-graduação Lato Sensu), integrando a produção de conhecimentos avançados com a formação para a investigação científica dos cursos de Graduação, bem como articulando as pesquisas e práticas das atividades de Extensão Universitária. Visa ainda acolher pesquisas e estudos de outras entidades ou instituições científicas do Brasil e do Exterior, num percurso de permutas, de trocas e de orgânico intercâmbio de produções de conhecimentos e de inovações institucionais e produtivas, de práticas investigativas e de projetos de integração social.</p> <p>Editora Geral: Professora Dra. <strong><em>Yara Rodrigues de La Iglesia</em></strong></p> <p>Editor Executivo: Professor Doutor <strong><em>Eduardo Soncini Miranda</em></strong></p> <p><strong>PRORROGAÇÃO DO PRAZO PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS, ENSAIOS E RESENHAS PARA A REVISTA REUNINA</strong></p> <p>Caros pesquisadores/as!</p> <p>A REUNINA, revista eletrônica de EDUCAÇÃO, decide pela prorrogação do prazo para envio de artigos, resenhas e ensaios para compor sua segunda edição. A data foi modificada tendo em vista o contexto pandêmico, que dificulta a produção científica.</p> <p>O período de submissão se inicia a partir da publicação deste edital e ficará aberto até às 23h59min do dia 15 de abril de 2021. A submissão de propostas deve ser encaminhada no seguinte link: <a href="https://revista.unina.edu.br/index.php/re/about/submissions">https://revista.unina.edu.br/index.php/re/about/submissions</a></p> <p>Os textos deverão ser enviados de acordo com as diretrizes para Autores, respeitando as regras da ABNT e dentro do prazo estipulado. As correções gramaticais são responsabilidade dos autores, como o caráter teórico de seus textos.</p> <p>As possíveis dúvidas podem ser enviadas para o e-mail: yara@unina.edu.br ou eduardo@miranda.edu.br</p> <p>Cordialmente,</p> <p>Yara R. de la Iglesia e Eduardo Miranda.</p> pt-BR eduardo.soncini@unina.edu.br (Eduardo Soncini Miranda ) natalia.martins@unina.edu.br (Natália Figueiredo Martins) Fri, 18 Dec 2020 00:08:24 +0000 OJS 3.2.1.3 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 Um Discurso sobre as ciências, de Boaventura de Sousa Santos (2008). https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/18 Andréa Maria Begnami Mazzi Copyright (c) 2020 Revista de Educação da Unina https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/18 Fri, 18 Dec 2020 00:00:00 +0000 Ensaio https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/20 Marli Barros Dias, Wilma de Lara Bueno Copyright (c) 2020 Revista de Educação da Unina https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/20 Fri, 18 Dec 2020 00:00:00 +0000 A Educação como Direito e a Pedagogia Humanizadora https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/5 <p>O artigo busca caracterizar as matrizes políticas, educacionais e culturais do tempo presente, o ano de 2020, cenário de uma vivência histórica de exceção, em função da disseminação da pandemia denominada COVID 19, relacionando o ambiente de contradição presente na realidade educacional e escolar brasileira. Apresenta as tendências históricas e os constituintes éticos e políticos dessa conjuntura atípica na intencionalidade de estimular a reflexão sobre a dialética da dominação e as práticas de contra-hegemonia que apontam possibilidades de inversão, de superação e de desarticulação dessas tendências ou dessas matrizes autoritárias, a partir da prática política, da ressignificação da formação ética e educacional, da reconstituição dos valores sociais numa prospectiva de solidariedade, de humanização, de justiça social e de radical defesa da democratização política. Fundamenta-se da concepção crítico-dialética de pesquisa e de referência teórico-metodológica. Destaca a concepção de Educação como Direito e apresenta as características da Pedagogia Humanizadora, reunindo conceitos e categorias de natureza teórica com respectivos apontamentos de viabilidades éticas e políticas de resistência e de emancipação, a partir dos movimentos sociais vanguardistas e populares.</p> César Nunes Copyright (c) 2020 Revista de Educação da Unina https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/5 Fri, 18 Dec 2020 00:00:00 +0000 Espaços invisíveis https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/6 <p>Este artigo busca refletir sobre como as fotografias podem auxiliar no ensino de Geografia. Em 2018, na tese de doutorado, desenvolvemos uma análise de fotografias do espaço urbano brasileiro presentes nos livros didáticos de Geografia (LDG’s) de 1937 a 2015. Entre estas fotografias analisamos aquelas de espaços negligenciados pelo poder público e vistos como locais de carência, desorganização e violência: as favelas.</p> Alcimar Paulo Freisleben Copyright (c) 2020 Revista de Educação da Unina https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/6 Fri, 18 Dec 2020 00:00:00 +0000 A Educação como Direito Humano e o Ensino Tecnológico em Tempos de Pandemia https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/7 <p>O presente trabalho tem por objetivo desenvolver reflexão sobre a problemática gerada com a pandemia do Covid-19, sua relação com ensino tecnológico enquanto um direito humano, assim como os limites e contradições. Revelam-se algumas situações que comprometem o acesso à educação de qualidade como um direito de todos, tais como: dificuldades de domínio do professor para com a ferramenta Teams; questões ideológicas, falta de flexibilidade como verdade absoluta e dificuldade de acesso do aluno ao sistema on-line. Isso pode comprometer a garantia da educação como direito humano, em tempos de pandemia: Covid-19.</p> Manoel Francisco do Amaral, Rosana Helena Nunes, Kelly Janaine Amara Copyright (c) 2020 Revista de Educação da Unina https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/7 Fri, 18 Dec 2020 00:00:00 +0000 A Ética e o Ensino da Ética na Educação Superior https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/8 <p>O presente estudo investiga a questão da identidade da Ética, enquanto ciência da condição e do agir humano, pressupondo seu caráter ontológico social e sua dimensão de ensino, através da análise criteriosa de fontes bibliográficas presentes no estudo da Ética e de uma pesquisa de campo em 5 universidades paulistas, coletando programas de ensino de Ética em 20 cursos superiores de diversas áreas. O problema nuclear do artigo partiu dos questionamentos: o que é ética, quais são os conteúdos ensinados nas disciplinas de Ética, qual é a formação dos professores, quais são os recursos bibliográficos e quais são as concepções de ética que pautam as práticas curriculares? O referencial teórico-metodológico da pesquisa fundamenta-se no Materialismo Histórico-Crítico, com seus autores e categorias centrais: a prática social, a dialética do trabalho e a configuração das esferas de poder. O conjunto dos dados analisados aponta para a predominância da concepção de Ética como interesse ou conduta de disposição corporativa e profissional e em restritos espaços é vista como referência política. Destaca-se como possível projeção que o problema da diversidade e da relativa superficialidade do ensino da Ética nasce, fundamentalmente, da ausência dos conteúdos filosóficos na formação básica e superior da educação e da escola brasileira. O presente artigo busca interpretar as relações possíveis entre o debate sobre Ética e Política nas sociedades atuais, a partir da vivência nas contradições da sociedade moderna, acabando por propor uma ressignificação entre o Ensino da Ética e a pauta da Educação em Direitos Humanos.</p> Antonio Carlos Valini Vacilotto Copyright (c) 2020 Revista de Educação da Unina https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/8 Fri, 18 Dec 2020 00:00:00 +0000 A Prática Missionária Jesuíta no Estado do Maranhão e Grão-Pará (Século XVII) https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/9 <p>A Companhia de Jesus nasce no seio da Igreja Católica para combater o protestantismo e, por meio da missionação, evangelização e educação, se torna a maior Congregação de ensino. A instrução, no Norte do Brasil, nos séculos XVII-XVIII, se desenvolve a partir de dois processos: a catequese (assistência e cristianização) e o ensino sistemático (Casas ou Colégios). Os jesuítas assumem as Missões no Maranhão e Grão-Pará através de Alvará de 25 de julho de 1638, e sua proibição de ensinar em escolas e aldeias são transcritas no Decreto de 28 de junho de 1759 com expulsão no mesmo ano (Bettendorff, 1910, 1990; Berredo, 1749; Chambouleyron, 2007; Arenz, 2009; Trigueiros, 2014). O estudo tem como principal objetivo caracterizar a importância das práticas missionárias jesuítas no estado do Maranhão e Grão-Pará (1638-1693). Abordagem consta de fenomenologia hermenêutica voltada ao estudo da experiência vivida (VanManen, 1997) sobre análise de documentos secundários (mais objetivos) (Ferrarotti, 2013) em comparação histórica (Laverty, 2003). Concluímos que o ensino e a educação no Maranhão e Grão-Pará se ergueram por meio da catequese ao ensinar os nativos da terra, com criação de vocabulários e compêndios para auxiliar os jesuítas no local, e do ensino sistemático na instrução aos filhos dos colonos portugueses e demais religiosos.</p> Benedita do Socorro Santos de Sousa, Antonio Nogueira de Sousa Copyright (c) 2020 Revista de Educação da Unina https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/9 Fri, 18 Dec 2020 00:00:00 +0000 Pedagogia Libertadora e Ética Universal do Ser Humano https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/10 <p>Este artigo tem como finalidade apresentar os elementos centrais do pensamento educacional de Paulo Freire, bem como os conceitos e categorias que dão forma ao seu discurso ético, a Ética Universal do Ser Humano. Pretende sugerir que os fundamentos da Pedagogia Libertadora e da Ética Universal do Ser Humano, se constituem como referenciais para pensar o trabalho educativo como uma das possibilidades para a consolidação de um processo de emancipação em curso no horizonte histórico.</p> José Renato Polli Copyright (c) 2020 Revista de Educação da Unina https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/10 Fri, 18 Dec 2020 00:00:00 +0000 A Formação econômica e social do Norte do Paraná e a expansão da educação https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/11 <p>Esse texto é uma parte de uma pesquisa de Mestrado em Educação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Londrina: Marcos Possíveis para Reconstituir A História da Instituição Escolar Julia de Souza Wanderley: A Primeira Escola de Formação de Professores de Cornélio Procópio-Pr. (1953-1967). Toma como base de investigação, em primeiro lugar, as recentes fontes bibliográficas que materializaram a História do Paraná e do seu Norte Pioneiro, o movimento da História Nacional nos movimentos e ideias emergentes no transcorrer do século XX. Este estudo apresenta como possíveis resultantes uma indicação de potencial sistematização documental e uma emergente interpretação sócio-histórica referencial da realidade da história da Educação no Brasil e no Paraná em que se constituíram a ocupação econômica e a formação social do Norte Pioneiro do Paraná.</p> Adálcia Canêdo da Silva Nogueira Copyright (c) 2020 Revista de Educação da Unina https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/11 Fri, 18 Dec 2020 00:00:00 +0000 Metodologia da aula histórica https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/12 <p>A presente pesquisa, de natureza qualitativa, tem como objeto de estudo o currículo da rede municipal de ensino de Curitiba (CURITIBA, 2016a) e o seu uso, na medida em que este adota como pressupostos teóricos e metodológicos o campo da Educação Histórica, mais especificamente, a concepção de aprendizagem na reconstrução da consciência histórica. Segundo Rüsen (2006) a aprendizagem histórica “é uma das dimensões e manifestações da consciência histórica”. Ademais, para esse autor o processo mental da consciência histórica pode ser descrito como “o significar da experiência do tempo interpretando o passado de modo a compreender o presente e antecipar o futuro” (RÜSEN, 2009). A partir desses preceitos a Profa. Dra. Maria Auxiliadora Schmidt, da Universidade Federal do Paraná, propõe a Aula Histórica. O conceito de Aula Histórica foi constituído a partir da matriz disciplinar da ciência da história na concepção ruseniana (RÜSEN, 2001). Nesse sentido, a matriz da Aula Histórica foi assumida, no referido currículo, como metodologia para a aprendizagem histórica. Quanto ao uso dessa metodologia podemos apontar que a Aula Histórica tem sido adotada por alguns professores em suas aulas. A fase atual da pesquisa consiste em analisar e categorizar os relatos das práticas desses docentes para poder inferir as maneiras que os mesmos têm se apropriado dessa metodologia.</p> Rosi Terezinha Ferrarini Gevaerd Copyright (c) 2020 Revista de Educação da Unina https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/12 Fri, 18 Dec 2020 00:00:00 +0000 O Peso histórico dos discursos hegemônicos sobre a sexualidade https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/13 <p>O presente estudo de abordagem qualitativa e caráter explicativo-bibliográfico objetiva esclarecer quais os discursos hegemônicos historicamente construídos ao longo da história buscaram controlar a sexualidade. Fundamenta-se especialmente em Foucault, Highwater e Reich. Questiona-se: como e quais discursos hegemônicos pesaram e ainda pesam sobre a sexualidade? Aborda-se sobre os discursos historicamente produzidos e culturalmente repassados através de alguns dispositivos ideológicos. Considera-se que ao longo da história a biologia, a ciência, a religião e medicina produziram discursos e disseminaram discursos visando atender aos interesses das ideologias sociais dominantes ao longo da história.</p> Cláudia Ramos de Souza Bonfim Copyright (c) 2020 Revista de Educação da Unina https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/13 Fri, 18 Dec 2020 00:00:00 +0000 O Centro Paranaense Feminino de Cultura e o trabalho social das mulheres na cidade de Curitiba (1933-1940) https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/14 <p>Nas primeiras décadas do século XX, o feminismo no Brasil contou com um grande número de mulheres, que na busca de se inserirem na modernização do novo papel do ser mulher, incluíram dum conjunto de atividades, entre as quais os cuidados com as crianças e mães das camadas populares. Em Curitiba, em 1933 foi criado o Centro Paranaense Feminino de Cultura (CPFC), cujo objetivo era atualização o perfil da mulher moderna bem como desenvolver programas sociais diversos, entre os quais o atendimento aos necessitados. Este artigo tem por objetivo conhecer o trabalho das mulheres em Curitiba entre os anos de 1933-1940 e o alcance de suas atividades para as transformações sociais da cidade, com base no estudo da documentação existente na instituição.</p> Wilma Lara Bueno Copyright (c) 2020 Revista de Educação da Unina https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/14 Fri, 18 Dec 2020 00:00:00 +0000 A Pedagogia da diversidade sexual humanizada https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/15 <p>Estudo bibliográfico e interpretativo das políticas públicas de Educação em Sexualidade a partir dos movimentos sociais, dos projetos institucionais e dos marcos jurídicos e culturais analisados na trajetória do Município de Campinas, estado de São Paulo, entre os anos de 1988 a 2018, destacando uma etapa de avanços e de conquistas de direitos no campo da Sexualidade e, noutra etapa, o refluxo histórico e a recomposição dos discursos e das práticas conservadoras, no campo da Sexualidade. Apresenta a articulação dos direitos sexuais à dinâmica dos Direitos Humanos, com a proposição da Pedagogia da Diversidade e do reconhecimento da atualidade da afirmação das relações entre Gênero e Sexualidade, Emancipação e Humanização.</p> Michele Fachini Copyright (c) 2020 Revista de Educação da Unina https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/15 Fri, 18 Dec 2020 00:00:00 +0000 Educação histórica e historiografia em um mundo sem fronteiras https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/16 <p>A educação histórica, no século 21, necessita lidar com o manejo da cultura histórica em um ambiente mundial mais e mais globalizado. A historiografia inovadora recente oferece pistas de reflexão para os que operam a educação histórica (docentes) e seu público, na relação entre história nacional e história mundial.</p> Estevão C. de Rezende Martins Copyright (c) 2020 Revista de Educação da Unina https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/16 Fri, 18 Dec 2020 00:00:00 +0000 O Cooperativismo como princípio educativo e a pedagogia da cooperação https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/17 <p>Apresenta os fundamentos da teoria e organização do Cooperativismo, destaca a cooperação como uma dimensão da prática social. Desenvolve as concepções da cooperação como princípio educacional e político, articulando as possibilidades de transformação das relações educacionais e escolares a partir de práticas cooperativistas, coletivas e participativas. Relaciona as concepções de Educação Cooperativista com o pensamento de Celestin Freinet e Paulo Freire. Aponta possibilidades metodológicas para a organização da Educação e da Escola na perspectiva da Cooperação.</p> Maria Cristiani Gonçalves Silva Copyright (c) 2020 Revista de Educação da Unina https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/17 Fri, 18 Dec 2020 00:00:00 +0000 Editorial https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/19 Dra. Yara Rodrigues de La Iglesia, Dr. Eduardo Soncini Miranda Copyright (c) 2020 Revista de Educação da Unina https://revista.unina.edu.br/index.php/re/article/view/19 Fri, 18 Dec 2020 00:00:00 +0000