A EDUCAÇÃO EM TEMPOS DE PANDEMIA: PRIMEIRAS APROXIMAÇÕES

Autores

  • Emanuel Mangueira Carvalho Prefeitura de Hortolândia, SP

DOI:

https://doi.org/10.51399/reunina.v2i2.30

Palavras-chave:

Educação, Política Educacional, Tecnologias da Informação e Comunicação

Resumo

Este trabalho tem o objetivo de apresentar e problematizar a realidade educacional das escolas e dos alunos no tocante as necessidades estruturais e materiais, que são essenciais para garantir a oferta da Educação de qualidade na modalidade remota de ensino, que é o recurso utilizado nesse momento de pandemia do coronavírus para a oferta da educação. Para isso, o artigo iniciou o assunto apresentando a definição e as características das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC). Em seguida, o artigo abordou a definição de Educação, os avanços da Educação na última década do século XX e nas duas primeiras décadas do Século XXI, momento em que também ocorreu um retrocesso nos investimento da Educação com a aprovação de Proposta de Emenda Constitucional. Por último, foram apresentadas e problematizadas as informações que mostram a realidade da educação pública, no tocante as condições de acesso a recursos tecnológicos da TIC e do acesso a internet, uma vez que esses são requisitos essenciais para garantir, na modalidade remota de ensino utilizada na pandemia, a educação de qualidade para os alunos.

Referências

ANGELUCI, Alan Cesar Belo; CACAVALLO, Marcello. Inovações no ensino híbrido: uma perspectiva a partir da teoria ator-rede. Comunicação & Educação, [S. l.], v. 22, n. 1, p. 63-73, 2017. DOI: 10.11606/issn.2316-9125.v22i1p63-73. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=6072196 Acesso em: 26 mar. 2021.

ARAÚJO, Ana Lídia. Cerca de seis milhões de alunos brasileiros não tem acesso a internet. Correio braziliense, Eu estudante, educação básica, 2020. Disponível em: https://www.correiobraziliense.com.br/euestudante/educacao-basica/2020/09/4873174-cerca-de-seis-milhoes-de-alunos-brasileiros-nao-tem-acesso-a-internet.html acesso em: 17 mar. 2021.

BLANCHE, Robert. A epistemologia. Lisboa; Rio de Janeiro, RJ: Presença: Martins Fontes, 1975. 161p.

BRASIL. Palácio do Planalto. Constituição da República Federativa do Brasil de 5 de outubro de 1988. Texto consolidado até a Emenda Constitucional n. 107 de 2020. Brasília, DF: 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm Acesso em: 15 mar. 2021.

BRASIL. Palácio do Planalto. Lei n. 9.424 de 24 de dezembro de 1996. Dispõe sobre o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério. Brasília, DF: 1996a. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9424.htm#:~:text=LEI%20N%C2%BA%209.424%2C%20DE%2024%20DE%20DEZEMBRO%20DE%201996.&text=Disp%C3%B5e%20sobre%20o%20Fundo%20de,Transit%C3%B3rias%2C%20e%20d%C3%A1%20outras%20provid%C3%AAncias. Acesso em: 16 mar. 2021.

BRASIL. Palácio do Planalto. Lei n. 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF: 1996b. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm acesso em 15 mar. 2021.

BRASIL. Palácio do Planalto. Lei n. 11.494 de 20 de junho de 2007. Regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – FUNDEB. Brasília, DF: 2007. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/lei/l11494.htm acesso em: 16 mar. 2021

BRASIL. Palácio do Planalto. Lei n. 11.892 de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Brasília, DF: 2008. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11892.htm acesso em: 16 mar. 2021.

CRAIDE, Sabrina. Estudo mostra que Brasil tem pouca conectividade na escola. Agência Brasil, 2018. Disponível em: https://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2018-01/estudo-mostra-que-brasil-tem-pouca-conectividade-nas-escolas acesso em: 19 mar. 2021.

FERNANDES, Florestan. O desafio educacional. São Paulo, SP: Cortez; Autores Associados, 1989. 264p.

MINHA BIBLIOTECA. TICs na educação: desafios das tecnologias de informação e comunicação. Minha Biblioteca, 2018. Disponível em: https://minhabiblioteca.com.br/tics-na-educacao/ acesso em: 18 mar. 2021.

NUNES, Cesar Apareciddo; ROMÃO, Eliana Sampaio. A educação brasileira, as novas diretrizes curriculares e a formação de professores. In: ROMÃO, Eliana Sampaio; NUNES, Cesar Apareciddo; CARVALHO, José Ricardo. Educação, Docência e Memória: desa(fios) para a formação de professores. Campinas, SP: Librum Editora, 2013. 175p.

OLIVEIRA, Dalila Andrade. A reestruturação do trabalho docente: precarização e flexibilização. Educ. Soc., Campinas , v. 25, n. 89, p. 1127-1144, Dec. 2004. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73302004000400003&lng=en&nrm=iso Acesso em: 25 Mar. 2021. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-73302004000400003.

OLIVEIRA, Elida. Quase 40% dos alunos de escolas públicas não têm computador ou tablet em casa, aponta estudo. Globo.com Educação, 2020. Disponível em: https://g1.globo.com/educacao/noticia/2020/06/09/quase-40percent-dos-alunos-de-escolas-publicas-nao-tem-computador-ou-tablet-em-casa-aponta-estudo.ghtml acesso em: 18 mar. 2021.

REVISTA NOVA ESCOLA. Não tem como implementar ensino híbrido em aula remota. REVISTA NOVA ESCOLA, 2021. Disponível em: https://novaescola.org.br/conteudo/20152/nao-tem-como-implementar-ensino-hibrido-em-aula-remota#_=_ acesso em: 17 mar. 2021.

SANCHEZ GAMBOA, Sílvio Ancísar. Pesquisa em educação: métodos e epistemologias. Chapeco: Argos, 2007. 193 p.

SAVIANI, Dermeval. A lei da educação: trajetória, limites e perspectivas. 13ª ed. Revisada e ampliada. Campinas, SP; autores associados, 2016. 320p.

SOARES, Maria Clara Couto. Banco Mundial: políticas e reformas. In: TOMMASE, Lívia de; WARDE, Mirian Jorge; HADDAD, Sérgio. (ORG). O banco mundial e as políticas educacionais. 3ª ed. São Paulo, SP: Cortez, 2000. 279p.

Downloads

Publicado

2021-05-06

Como Citar

Mangueira Carvalho, E. (2021). A EDUCAÇÃO EM TEMPOS DE PANDEMIA: PRIMEIRAS APROXIMAÇÕES. Revista De Educação Da Unina, 2(2). https://doi.org/10.51399/reunina.v2i2.30

Edição

Seção

Artigo